Downloads

Estou disponibilizando textos que publiquei. São textos sobre estética teatral, cenografia, performance, intervenção urbana, teatro de formas animadas. Como eles não estão organizados por ordem temática ou cronológica, faço aqui uma breve apresentação. De modo geral, a maioria dos textos trata da tragédia e do trágico em sua relação com a estética teatral. O tema do trágico e da crueldade foi trabalhado durante minha pesquisa de doutorado, concluída em 2000, de modo que alguns textos publicados até 2006 são ainda reflexo deste trabalho. Nota-se assim alguns ensaios que estabelecem relações entre o pensamento de Nietzsche e outros escritores e artistas, como Machado de Assis e Vincent Van Gogh.  A pesquisa sobre o trágico ganhou novo contorno a partir de meu ingresso na Universidade Federal de Ouro Preto, em 2002, onde desenvolvi uma pesquisa sobre as encenações de tragédias gregas no teatro brasileiro contemporâneo. Há muitos textos sobre cenografia e estética teatral, que culminaram no livro O espaço da tragédia (publicado em 2011). Esta temática continua gerando textos, como é o caso de "O trágico: uma questão?", publicado em 2016 e "Vozes/Tragédia", criado a partir do espetáculo Medeia Vozes (gosto muito desses dois textos!). A partir de 2009, quando iniciei o trabalho com o Coletivo de Performance Heróis do Cotidiano, há uma mudança de foco e o tema da utopia começa a aflorar. Um texto que gostaria de destacar é "A(r)tivismo e utopia no mundo insano", escrito junto com a performer Tania Alice, que dirigia o Coletivo Heróis do Cotidiano. A parceria com Tania Alice está presente ainda num texto sobre performance e espiritualidade, publicado na Revista do Programa de Pós-Graduação em Artes da UFMG, em 2018.

A partir de 2012, ocasião em que o Laboratório Objetos Performáticos é criado, a reflexão sobre as intervenções urbanas prossegue, tendo agora a presença da figura de Ananse, que conduziu todas as realizações artísticas feitas no Laboratório. O texto publicado na revista "Artes da Cena", da Universidade Federal de Goiás expõe o resultado destas pesquisas. De modo semelhante, o texto "Zonas de contato" produzido para o livro homônimo, organizado por mim e pela professora Denise Espírito Santo (UERJ) é fruto dessa reflexão sobre teatro de formas animadas e intervenção urbana. Seguindo esta mesma direção publiquei, no ano de 2018, dois textos, um na Revista Urdimento e outro nos Anais do 3 º Colóquio FITA.

Para concluir, há trabalhos que correm numa via paralela, como é o caso de "Um olhar para a cena simultânea no teatro brasileiro moderno e contemporâneo" (que é um texto de que gosto muito) e do ensaio  sobre o Teatro dos Estudantes do Brasil e o Teatro dos Estudantes de Coimbra, publicado em 1999, após uma pesquisa feita em parceria com o Instituto Camões, em Lisboa.

A cena em sombras do teatro de animação

Artigo produzido para a Revista Mamulengo, número 18, 2021.

A encenação da tragédia grega e do trágico na cena brasileira contemporânea

Texto publicado na Revista ARTEFILOSOFIA, do Instuto de Artes e Filosofia da Universidade Federal de Ouro Preto.

A(r)tivismo e utopia no mundo insano

Texto publicado, em co-autoria com Tania Alice, para a Revista ArteFilosofia, do Instituto de Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto.

Arte e utopia

O texto foi publicado na Revista Percevejo Online, em 2012.

Arte e utopia 2

Este texto foi apresentado no Simpósio Brecht Society, em 2013.

IMAGEM CÊNICA, TRAGÉDIA E HISTÓRIA: Uma reflexão sobre a cenografia de tragédias gregas na cena bras

Este texto foi publicado nos Anais do Congresso da ANPUH, em São Paulo, ano 2011.

Literatura, filosofia e performance: “O banquete dos heróis” pelo Coletivo de Performance Heróis do

Este texto foi publicado originalmente nos Anais do XII Congresso Internacional da ABRALIC, realizado em 2011, em Curitiba. Posteriormente, o texto foi publicado no livro Performance Heróis do Cotidiano, organizado por Tania Alice e publicado em 2013, pela UniRio e Neepa

Nietzsche e a “estética do artista”: Observações sobre o trágico e a crueldade em Vincent Van Gogh

Este texto foi publicado em 2002, na Revista Arte Comunicação do Centro de Artes e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Notas sobre o trágico e a tragédia em Friedrich Nietzsche

Este texto foi publicado na Revista FOLHETIM, Teatro do Pequeno Gesto, Número 13, ano 2002, Rio de Janeiro

O espaço da tragédia: As modernas encenações de tragédias gregas no Brasil

Este texto foi publicado originalmente nos anais da IV REUNIÃO CIENTÍFICA DE PESQUISA E PÓSGRADUAÇÃO EM ARTES CÊNCIAS (ABRACE), realizada em 2007

O ESPAÇO DA TRAGÉDIA: AS MODERNAS ENCENAÇÕES DE TRAGÉDIAS GREGAS NO BRASIL

Texto publicado nos Anais da IV Reunião Científica de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas

O Laboratório Objetos Performáticos de Teatro de Animação

Este texto foi publicado na Revista Arte da Cena, do Programa de Pos Graduação em a Universidade Federal de Goías. https://www.revistas.ufg.br/artce/issue/view/1525

O moderno e pós-moderno na cenografia brasileira

Este texto foi publicado nos Anais do Colóquio Estéticas do Deslocamento, realizado em Belo Horizonte, em 2007.

O Teatro dos Estudantes do Brasil (TEB) e o Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra (TEUC)

Este texto foi publicado em CONVERGÊNCIA LUSÍADA, Revista do Real Gabinete Português de Leitura, do Rio de Janeiro, em 1999.

O trágico: uma questão?

Texto publicado na Revista PASSAGES DE PARIS, em 2016. http://www.apebfr.org/passagesdeparis/editione2016-vol1/articles.html

O “OLHO DE TEATRO” DE MACHADO DE ASSIS

Este texto foi publicado na Revista FOLHETIM, Teatro do Pequeno Gesto, número 11, ano 2001, Rio de Janeiro

Teatro de sombras e iluminação cênica

Artigo escrito para a revista A luz em Cena (2021). Disponível também em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/aluzemcena/article/view/19929/14247

Teatro e intervenções urbanas: o Coletivo Heróis do Cotidiano

Este texto foi publicado nos Anais do IV Congresso de Pesquisa e Pós-Graduação da ABRACE, em 2010.

Texto da Revista URDIMENTO/UDESC/2018

Laboratório Objetos Performáticos: Das performances itinerantes ao teatro de sombras no campo expandido.

Texto Revista do Programa de Pós-Graduação em Artes da UFMG

ANDAR, DANÇAR, MEDITAR: PERFORMANCE COMO PRÁTICA ESPIRITUAL

Tragédia grega e cenografia: a encenação dos textos trágicos na cena brasileira pós-moderna

Este texto foi publicado na Revista URDIMENTO, Numero 11,em 2008. Revista do Programa de Pós-Graduação em Teatro da UDESC.

Um olhar para a cena simultânea no teatro brasileiro moderno e contemporâne

Este texto foi publicado no livro Grupos de teatro, dramaturgos e espaço cênico - cenas fora da ordem, organizado por Katia Paranhos e publicado pela Editora Mercado das Letras, em 2012.

Uma abordagem do trágico no conto “O espelho”, de Machado de Assis

Este texto foi publicado originalmente na Revista Palimpsesto, do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Palimpsesto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ http://www.pgletrasuerj.br/palimpsesto/num6/dossie/dossie.htm Volume 06 ANO 6 (2006) - ISSN 1809-3507

Uma reflexão sobre os estilos cenográficos: Panorama visto de Ouro Preto

Publicado na Revista ESPAÇO NEWS, do Espaço Cenográfico, São Paulo, 2006.

Vozes/ Tragédia

Este texto foi publicado na Revista CAVALO LOUCO, Revista de teatro da Tribo de Atuadores ÓI NÓS AQUI TRAVEIZ, Ano 9, Número 14, Julho de 2014. Porto Alegre.

Zonas de contato: o ator-performer e o ator-manipulador

Texto escrito para o livro: Zonas de contato: usos e abusos de uma estética do corpo, organizado por Denise Santos e Gilson Motta. O livro foi publicado em 2014, pela Editora Outras Letras, com o apoio da FAPERJ.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS com4brasil